iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Primeiro paciente diagnosticado como sofrendo de "mudança climática".

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site: .
Autoria do texto: .
Data de Publicação: .
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A mulher é septuagenária. Tem diabetes. Tem asma. Tem alguma insuficiência cardíaca. Mora em um trailer, sem ar-condicionado.

Ela mora no Canadá, onde, no último verão ondas de calor passaram dos 40ºC, chegando a bater o recorde de 50ºC.

As temperaturas escaldantes exacerbaram os incêndios florestais na região, fazendo com que a qualidade do ar se tornasse 43 vezes pior do que os níveis considerados aceitáveis.

Como conseqüência da idade, dos seus problemas de saúde, das condições climáticas, e dos incêndios, a canadense enfrentou problemas respiratórios.

Kyle Merritt, o médico de emergência​, responsável pelo diagnóstico,  determinou que a causa do sofrimento da paciente ​era a mudança climática.

“Se não estivermos olhando para a causa subjacente e apenas tratando os sintomas, vamos ficar cada vez mais para trás”, disse ele.

Os profissionais de saúde da cidade onde a mulher foi diagnosticada formaram o grupo Médicos e Enfermeiras pela Saúde Planetária. Eles estão trabalhando para “proteger melhor a saúde humana, protegendo o planeta”.

“Não acho que as pessoas percebam os impactos da degradação ambiental e da mudança climática na saúde humana”, disse Merritt durante uma demonstração de ação climática. “Trabalhando diretamente com os pacientes, estamos começando a ver os efeitos da mudança climática na saúde agora. Não é apenas algo que vai acontecer no futuro.”

O legista da província determinou que 570 dessas mortes repentinas foram “relacionadas ao calor”. Em todo o mundo, a OMS estima que as mudanças climáticas causam mais de 150.000 mortes por ano .

A Lancet é a revista que deixou de ser autoridade, perdendo prestígio e credibilidade quando reforçou o pânico com seus dados fajutos sobre o vírus chinês.
Mas ela não se sente constrangida, nem humilhada, ela dobra a aposta, publicando um relatório médico internacional, o  Lancet de 2021 sobre saúde e mudanças climáticas,

Marina Romanello, autora do relatório, elogiou a “decisão muito sábia” do médico:

“Acho realmente ótimo que os profissionais médicos estejam começando a dar visibilidade ao fato de que as mudanças climáticas são, na verdade, um perigo para a saúde.

Fazer coisas como essa e fazer melhores estudos que podem nos ajudar a atribuir mortes às mudanças climáticas é extremamente importante porque é isso que nos permitirá quantificar a dimensão da saúde das mudanças climáticas.

O que estamos vendo é que basicamente no norte global a consciência dos riscos ambientais está se tornando impulsionada pela ciência, enquanto no sul global está sendo impulsionada pela consciência dentro das comunidades.”

Romanello parecetrabalhar diligentemente e com entusiasmo pela agenda do (ex?) terrorista Thedros Adanom:

https://twitter.com/MarinaRomanell2/status/1458547764200148998

Imagem:
tweet de Jack Posobiec
https://twitter.com/JackPosobiec/status/1463902281238294533

Fonte:
thehill.com/changing-america/sustainability/climate-change/580527-canadian-woman-becomes-first-person-diagnosed

euronews.com/green/2021/11/10/frustrated-doctor-diagnoses-woman-with-climate-change-in-world-first

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Parasita Causa Ansiedade

Milhões de pessoas têm parasitas, que podem influenciar pensamentos, comportamentos, promiscuidade, enfraquecer o sistema imunológico, causar fadiga, problemas intestinais e até distúrbios mentais, mas os

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *