iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

As máscaras são um Crime contra a Humanidade e Abuso Infantil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Transcrição dos destaques (por Henna Maria) da mensagem de vídeo  da Dra. Margarite Griesz-Brisson , que foi traduzida do alemão para o inglês por Claudia Stauber .

Dra. Margarite Griesz-Brisson MD, PhD é Neurologista e Neurofisiologista Consultora com PhD em Farmacologia, com interesse especial em neurotoxicologia, medicina ambiental, neurorregeneração e neuroplasticidade. Isso é o que ela tem a dizer sobre as máscaras e seus efeitos em nossos cérebros:

“A reinalação de nosso ar exalado sem dúvida criará deficiência de oxigênio e uma inundação de dióxido de carbono. Sabemos que  o cérebro humano é muito sensível à privação de oxigênio . Existem células nervosas, por exemplo no hipocampo, que não podem durar mais de 3 minutos sem oxigênio, elas não conseguem sobreviver.

Os sintomas agudos de alerta são dores de cabeça, sonolência, tontura, problemas de concentração, desaceleração do tempo de reação – reações do sistema cognitivo.

No entanto, quando você sofre de privação crônica de oxigênio, todos esses sintomas desaparecem, porque você se acostuma. Entretanto. sua eficiência permanecerá prejudicada e o suprimento insuficiente de oxigênio em seu cérebro continuará progredindo.

Sabemos que as doenças neurodegenerativas levam de anos a décadas para se desenvolver. Se hoje você esquecer seu número de telefone, o colapso em seu cérebro já teria começado há 20 ou 30 anos.

Enquanto você pensa que se acostumou a usar sua máscara e respirar novamente seu próprio ar exalado, os processos degenerativos em seu cérebro estão sendo amplificados conforme sua privação de oxigênio continua.”

O segundo problema é que as células nervosas do cérebro não conseguem se dividir normalmente. Portanto, no caso de nossos governos permitirem, generosamente, que nos livremos das máscaras e voltemos a respirar oxigênio livremente de novo em alguns meses, as células nervosas perdidas não se regenerarão mais. O que se foi, se foi.

[..] Eu não uso máscara, preciso do meu cérebro para pensar. Quero ter a cabeça limpa quando lido com meus pacientes, e não estar sob anestesia induzida por dióxido de carbono.

[..] Não há isenção médica infundada de máscaras faciais porque a privação de oxigênio é perigosa para todos os cérebros . Cada ser humano deve decidir livremente se deseja usar uma máscara que seja absolutamente ineficaz para se proteger de um vírus.

Para crianças e adolescentes, as máscaras são absolutamente proibidas . Crianças e adolescentes possuem um sistema imunológico extremamente ativo e adaptativo e precisam de uma interação constante com o microbioma terrestre. Seu cérebro também é incrivelmente ativo, pois tem muito a aprender. O cérebro da criança ou do jovem está sedento de oxigênio. Quanto mais metabolicamente ativo é o órgão, mais oxigênio ele requer. Em crianças e adolescentes, todos os órgãos são metabolicamente ativos.

Privar o cérebro de uma criança ou adolescente de oxigênio, ou restringi-lo de qualquer forma, não é apenas perigoso para sua saúde, é absolutamente criminoso. A deficiência de oxigênio inibe o desenvolvimento do cérebro, e o dano que ocorre, como resultado, NÃO SE CONSEGUE reverter.

A criança precisa do cérebro para aprender e o cérebro precisa de oxigênio para funcionar. Não precisamos de um estudo clínico para isso. Esta é uma fisiologia simples e indiscutível. A deficiência de oxigênio consciente e propositalmente induzida é um risco à saúde absolutamente deliberado e uma contra-indicação médica absoluta.

Uma contra-indicação médica absoluta em medicina significa que este medicamento, esta terapia, este método ou medida não deve ser usado – não pode ser usado. Para coagir toda uma população a usar, pela força, uma contra-indicação médica absoluta, deve haver motivos claros e graves para tal, e os motivos devem ser apresentados a órgãos competentes interdisciplinares e independentes para serem verificados e autorizados.

Quando, em dez anos, a demência aumentar exponencialmente, e as gerações mais novas não conseguirem atingir seu potencial divino, não adianta dizer “não precisávamos das máscaras”.

[..] Como um veterinário, um distribuidor de software, um empresário, um fabricante de carros elétricos e um físico podem decidir questões relativas à saúde de toda a população? Por favor, queridos colegas, todos temos que acordar.

Eu sei como a depravação do oxigênio é prejudicial para o cérebro, o cardiologista sabe como é para o coração, o pneumologista sabe como é para os pulmões. A privação de oxigênio danifica todos os órgãos.

Onde estão nossos departamentos de saúde, nosso seguro de saúde, nossas associações médicas? Teria sido seu dever ser veementemente contra o bloqueio e impedi-lo, e impedi-lo desde o início.

Por que os conselhos médicos punem os médicos que dão isenções às pessoas? A pessoa ou o médico tem que provar seriamente que a depravação do oxigênio prejudica as pessoas? Que tipo de medicamento nossos médicos e associações médicas representam?

Quem é o responsável por este crime? Os que querem fazer valer isso? Os que deixam acontecer e fazem o jogo, ou os que não previnem isso? [..] Não é sobre máscara, não é sobre vírus, certamente não é sobre saúde. É muito, muito mais. Eu não vou participar. Eu não estou com medo.

[..] Dá para perceber, eles já estão tirando nosso ar para respirar.

O imperativo da hora é a responsabilidade pessoal.

Somos responsáveis ​​pelo que pensamos, não a mídia. Somos responsáveis ​​pelo que fazemos, não nossos superiores. Somos responsáveis ​​por nossa saúde, não a Organização Mundial da Saúde. E somos responsáveis ​​pelo que acontece em nosso país, não o governo.”

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Psicanálise

Pessoas Comuns

Por Theodore Dalrymple. Leia o artigo original no Salisbury Review. Tendo feito minha carreira observando o público e chamando a sua atenção para alguns dos aspectos menos

Leia Mais »
Psicanálise

Psiquiatrofobia

O sistema de atendimento psiquiátrico no Brasil , que de antimanicomial passou para antipsiquiatra está levando a ocorrer tragédia atrás de tragédia. Dia desses o

Leia Mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *