iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Na origem de toda neurose há uma mentira.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Quem é o diabo? É o pai da mentira. Quem é o Cristo? É a verdade. Qual foi o pecado de Adão? Acreditar numa mentira. O que condenou Macbeth? Uma mentira. O que levou Anna Karenina ao suicídio? Uma mentira. Por que Raskolnikov matou a velha? Por uma mentira. Foi uma mentira que exterminou seis milhões de judeus, uma mentira que trucidou vinte milhões de soviéticos, uma mentira que varreu 65 milhões de chineses da existência e levou-os a comer os próprios filhos. A mentira é a base do orgulho. É uma mentira que há na raiz de todos os pecados. Na origem de toda neurose há uma mentira. A mentira é o sangue que circula nas veias das tiranias, o ar que respiram e o alimento de que se nutrem. Todos os males são filhos da mentira.

Assim é que a questão verdadeira não o vírus chinês, não é a guerra contra o tratamento precoce, não é a vacina, não é lockdown. Também não é a ideologia de gênero, não é o feminismo, não é o aborto, não são os pronomes neutros, não é o relativismo, não é a teoria crítica de raça, não é a putaria generalizada. É sempre a mentira óbvia e manifesta, difundida e imposta precisamente por ser mentira, precisamente por ser absurda, precisamente por falsear e deturpar na base a estrutura de tudo aquilo que é, precisamente por ser mentira. Não é a mentira que se quer verdade, mas a mentira que deseja triunfar como mentira.

Por trás desses e dos inumeráveis absurdos ainda inéditos que veremos nos próximos anos, o propósito comum e único é tornar a mentira tão universal e onipresente que seja impossível distinguir, perceber e aceitar a verdade. Pois o objetivo último é a tirania universal, que não pode ser nada além do reino universal da mentira. Só Deus é o que é; todo aquele que lhe pretenda usurpar o poder será sempre o que não é, isto é, a mentira.

por Eduardo Moretti

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

O Apego ao Velho

Minha esposa e eu somos viciados em programas de reforma. […] Nós […] apimentamos cozinhas, banheiros destruídos e trocamos espaços. Nós os invertemos, os destruimos, os consertamos

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *