iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Objeto sexual, portanto vulgar e sempre jovem.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

 A cantora Madonna tem hoje um rosto irreconhecível, resultado das marcas da idade com a artificialidade gerada por dezenas de cirurgias plásticas.

Aos 63 anos, ela não se aposentou da carreira na qual se vendeu como objeto sexual.

Madonna não se permite envelhecer ou amadurecer.

Em vídeo recente publicado no TikTok, a cantora aparece com um rosto plastificado, repleto de marcas e com uma luminosidade amarela.

O aspecto decadente de Madonna, contudo, é o que chama a atenção. Os fãs ficaram assustados com a aparência hedionda da cantora.

Muitos comentários ao vídeo sugerem que Madonna procure ajude psicológica.

Além de abusar do próprio corpo na tentativa vã de permanecer jovem, Madonna constrange os filhos mais velhos Rocco Ritchie e Lourdes Maria com o hábito de se relacionar com rapazes da mesma idade que eles. Até amigos dos filhos.

Imagem: Instagram/ abril de 2022
Luvas impedem que as mãos denunciem a idade.

Madonna insiste em se vender como “feminista”. Em 2017, ela participou da Marcha das Mulheres, dizendo que iria “[email protected]” a Casa Branca com Donald Trump.

A cantora personifica o fenômeno da “adultescência”: são adultos que já passaram pela juventude, envelheceram cronologicamente, mas não amadureceram.

Aos 63, Madonna paga o preço por tentar enganar a natureza. Move-se com dificuldade, exibe um rosto plastificado e os quilos a mais da idade.

Mas ainda simula que é uma jovem rebelde capaz de sensualizar e militar contra um machismo imaginário.

Imagem: Instagram/ março 2021

O culto à juventude eterna, do qual Madonna é apenas a fiel mais famosa, é sinistro e impiedoso.

Não permite que adultos cresçam, que idosos envelheçam e deixa os jovens com medo de que não exista nada mais pra eles no futuro, a não ser fingir que serão jovens pra sempre.

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.