Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
C. S. Lewis, em 1963, em seu ensaio The Seeing Eye, faz uma reflexão que pode inspirar nossos rumos neste anoque começa:
Disseram que os russos não encontraram Deus no espaço … Procurar Deus ou o Céu explorando o espaço é como ler ou ver todas as peças de Shakespeare na esperança de que você encontre Shakespeare como um dos personagens ou Stratford como um dos lugares. Shakespeare está, de certa forma, presente em cada momento de cada peça. Mas ele nunca está presente da mesma maneira que Falstaff ou Lady Macbeth. Nem está difuso na peça, como um gás …
 
Agora, é claro, isso é apenas uma ananalogia. Não estou sugerindo que a existência de Deus seja tão facilmente estabelecida quanto a existência de Shakespeare. O que quero dizer é que, se Deus existe, Ele se relaciona com o universo, mais como um autor se relaciona a uma peça do que como um objeto no universo se relaciona a outro.
 
Se Deus criou o universo, Ele criou o espaço-tempo que é, para o universo, o mesmo que a rima é para um poema ou a clave para a música. Olhar para Ele como a um item dentro da estrutura que Ele mesmo inventou é absurdo …
 
Como, então, pode-se perguntar: podemos alcançá-lo ou evitá-lo? … em nosso próprio tempo e lugar, [evitar Deus] é extremamente fácil. Evite o silêncio, evite a solidão, evite qualquer linha de pensamento que desvie da trilha batida. Concentre-se em dinheiro, sexo, status, saúde e (acima de tudo) em suas próprias queixas. Mantenha o rádio ligado. Viva numa multidão. Use muita sedação. Se precissar ler livros, selecione-os com muito cuidado. Mas você estará mais seguro se se mantiver com jornais. Você vai encontrar anúncios úteis; especialmente aqueles com um apelo sexy ou esnobe.
 
Quanto a alcançar, eu sou um guia muito menos confiável. Isso porque nunca passei pela experiência de procurar por Deus. Era o contrário; Ele era o caçador (ou assim me parecia) e eu era o veado …
 
Viagem no espaço realmente não tem nada a ver com o assunto. Para alguns, Deus é discernível em toda parte; para outros, em nenhuma parte. Aqueles que não o encontram na terra, provavelmente não o encontrarão no espaço. (Espere aí, já estamos no espaço, a cada ano, damos uma volta circular enorme no espaço.) Mas envie um santo numa nave espacial e ele vai encontrar Deus no espaço assimn como ele encontrou Deus na terra. Muito depende do olho que vê.
 
Se somos cristãos, conhemos e somos conhecidos pelo Deus que criou o universo e temos muitas razões para dar-Lhe graças. Em uma nota cautelar, no entanto, a visão de Lewis sobre como é fácil evitar Deus tem aplicabilidade tanto para cristãos quanto para não-crentes. Os cristãos podem evitar a Deus vivendo suas vidas concentrando-se em dinheiro, sexo, status e semelhantes, e conseqüentemente permanecem espiritualmente imaturos e experimentam pouco do poder transformador de Cristo. Vamos manter nosso foco em Jesus como Senhor e Salvador, e perseguir uma vida de santidade e justiça.
 
 
Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de suas mãos“. 
Salmo 19: 1
 
 
1 C.S. Lewis, The Seeing Eye, de Christian Reflections, editado por Walter Hooper, Grand Rapids, MI: Wm. B. Eerdmans Publishing Co., 1995, pp. 167-169, 171.
star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.