Formulário de Admissão

Agora que você já leu o Manual do Candidato, preencha o formulário de inscrição abaixo.

1

Leia o manual do candidato à filiação

2

Preencha o formulário de admissão

3

Envie a documentação obrigatória

Considerações sobre o formulário do CONIPSI.

Reconhecemos que a interação com as novas tecnologias é difícil para quem já era adulto quando surgiu a internet.
Mas se a pessoa observar como usa o celular, constatará que não se trata de uma barreira intransponível.
Em segundo lugar, uma reflexão interessante seria aplicar ao formulário as mesmas qualidades que se deve ter como terapeuta.
1° Interesse em ouvir o interlocutor (no caso, ler as palavras, em vez de passar os olhos apressadamente e assim, supor o que está escrito).
2° Ter paciência com o interlocutor (preencher todos os campos).
3° Ponderar sobre o problema (considerar o que a pergunta objetiva).

Quando o solicitante não preenche todos os campos e/ou não envia todos os campos demonstra:
– Incapacidade de compreensão
– Desatenção
– Afoiteza
– Desmazelo
– Displicência
As características supracitadas comprometem o trabalho terapêutico de um psicanalista. Ao você exibi-las, pode vir a ser um fator que pese na avaliação de sua admissão e/ou renovação.
Pela atenção que a conferência e re-conferência dos documentos exige, o CONIPSI teria que ter um funcionário exclusivamente para esse fim. Caso tivesse, a pergunta seria: o CONIPSI deve fazer essas checagens?

Departamento de Identificação, Janeiro de 2019.

Aviso aos candidatos

Nossa linha de pensamento tem suas bases no conservadorismo.

Por esse motivo, ao estabelecermos uma conversação inicial, que é justamente um dos pontos fundamentais de acolhimento a novos filiados, buscamos conhecer o candidato, justamente nas suas condutas, com base no que pense, entenda, ou até mesmo defenda em termos de valores para a sociedade, que entendemos ser o foco com o qual teremos que interagir em nossa labuta diária.

Tendo esse foco, com prioridade conservadora, natural que tenhamos um princípio no estilo: “Deus, Pátria e Família” e qualquer pessoa que não steja inserida nesse contexto pode não ser aceita, especialmente, porque nossa instituição, não ferirá seus valores apenas para o
acolhimento deste ou daquele associado.

Portanto, ao buscar uma associação em nossa instituição, lembre-se, além dos documentos, é importantíssima a conversa que teremos, quer seja, por telefone, ou mesmo pessoalmente, e ela não é substituída pela intervenção de quem quer que seja.

Grande abraço e saudações psicanalíticas em nome de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo de Nazaré.

1 de Janeiro de 2019

Perguntas Frequentes

Confira abaixo as dúvidas mais comuns sobre o processo de filiação.

Quem pode se filiar ao CONIPSI?

Psicanalistas, Psicoterapeutas (em suas variadas vertentes), Hipnoterapeutas, Psicopedagogos, Neuropsicanalistas, Especialistas em Neuropsicologia.

O que fazer para se filiar?

Você precisa primeiro ler o Manual do Candidato, em seguida preencher o Formulário de Filiação, e por último enviar a Documentação Obrigatória. Durante o processo de filiação, você será orientado sobre os nossos princípios e valores bem como sobre nosso Código de Ética.

Qual é a documentação necessária para se filiar?

A documentação necessária para efetivar sua filiação está exposta na página de Envio de Documentação.

Importante: TODOS os documentos acima solicitados devem ser enviados em arquivos separados, em JPG e em alta resolução!

Tenho que pagar para me filiar ao CONIPSI?

Sim. A taxa de filiação vigente para o ano de 2020 é de R$600,00. Essa taxa é para apenas o primeiro ano, a partir do segundo ano o associado deve renovar sua filiação sob o pagamento de R$300,00.

O que acontece que se eu não pagar a renovação de filiação?

Caso a renovação de filiação não seja efetuada o associado entra em estado de inatividade, perdendo a validade de sua associação e de seus documentos.

Como reativar minha filiação?

A situação do filiado inativo é um pouco incomum mas não é nada difícil de ser normalizada.
Para um filiado ficar inativo é necessário que ele se ausente da entidade e não faça sua renovação. Contudo, ele não passa automaticamente para a categoria de inativos. O filiado inativo é aquele que ficou, por pelo menos, 3 meses sem renovar sua filiação e sem aviso prévio cujo recebimento tenha sido acusado por nossos diretores.
O filiado inativo deve pagar a renovação de cada ano relativa ao plano ao qual estava filiado no momento em que deixou de pagar suas renovações, e só poderá alterar seu plano de filiação se estiver com todos os pagamentos em dia. Em certos casos, existe a opção de o filiado inativo se filiar novamente, porém, abrindo mão de seu número de registro. Neste caso, ele pagará a taxa completa atualizada e responderá às exigências atualizadas, como documentos exigidos no período em que estiver se filiando. Em ambos os casos, a critério da diretoria, poderá ser cobrada alguma taxa excedente relativa à inatividade.

Qual é a diferença entre a credencial do CIP e a CIC do Psicanalista?

A aquisição da carteira de identificação complementar é opcional e será cobrada em separado. Já o cadastro internacional de psicanálise (CIP) é a identificação do filiado em nosso conselho, bem como, é a carteira em PVC que recebe (a depender do plano escolhido).

O que é a mensagem privada entre paciente e terapeuta?

O página do associado em nosso site conta com um sistema de envio de e-mail, funciona da seguinte maneira:
O paciente em potencial pode navegar por nosso site e escolher o terapeuta de sua escolha, podendo se comunicar com o terapeuta sem a mediação do Conselho.

Para saber mais visite a página de Perguntas e Respostas e leia o nosso Código de Ética.

Faça parte do Conselho!

O Conselho Internacional de Psicanálise está aberto a novos olhares e a participações ativas de profissionais das mais variadas áreas do conhecimento. Presente em 12 estados Brasileiros e em 7 países, acreditamos que você também pode somar em nossa entidade. Entre em contato conosco hoje mesmo!