iconfinder_vector_65_12_473798

Filie-se!

Junte-se ao Conselho Internacional de Psicanálise!

iconfinder_vector_65_02_473778

Associados

Clique aqui para conferir todos os nossos Associados.

iconfinder_vector_65_09_473792

Entidades Associadas

Descubra as entidades que usufruem do nosso suporte.

mundo

Associados Internacionais

Contamos com representantes do CONIPSI fora do Brasil também!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Por Jamie Doward. Leia o artigo completo no The Guardian.

Marcus Evans, um dos diretores da clínica Tavistock e do Fundo que administra o único serviço de identidade de gênero, de saúde pública, para crianças, do Reino Unido, renunciou. Em fevereiro, ele acusou a administração de ter uma “crença supervalorizada” nos conhecimentos de seu Serviço de Desenvolvimento de Identidade de Gênero (GIDS), que é usado para descartar contestações e exames”.

Alguns pais acusaram o serviço de “acelerar o rastreamento” dos jovens para mudar de gênero , uma acusação fortemente rejeitada pelo serviço.

O serviço tem se esforçado para conter as conseqüências de um relatório interno do Dr. David Bell, escrito na qualidade de diretor da equipe, que alertou que “o serviço GIDS como agora funciona não [é] adequado ao objetivo e as finalidades das crianças estão sendo alcançadas de maneira lamentável e inadequada e alguns sobreviverão com as conseqüências prejudiciais ”.

Bell expressou preocupação de que o serviço não considerasse completamente os fatores psicológicos e sociais no contexto de um jovem ( como: se foram abusados, sofreram luto ou tiveram autismo), o que pode influenciar sua decisão de fazer a transição. Tais opiniões são descartadas por muitos ativistas dos direitos dos transexuais que acreditam que eles desempenham pouco ou nenhum papel no desejo de uma pessoa de fazer a transição.

De acordo com o Trust, uma revisão das alegações de Bell, “não identificou nenhum problema imediato em relação à segurança do paciente ou falhas na abordagem geral adotada pelo serviço para responder às necessidades dos jovens e famílias que acessam seu apoio. Como em qualquer revisão dessa natureza, ele identificou áreas para melhoria e fez várias recomendações. O executivo-chefe doFundo tem a tarefa de desenvolver um plano de ação sobre como eles serão implementados. ”

Os 15 diretores do grupo, que responsabilizam seu conselho, deram seu apoio para que ele seguisse as recomendações. Mas Evans reclamou em seu e-mail demissional:

“Nos meus 40 anos de experiência em psiquiatria, aprendi que dispensar sérias preocupações sobre um serviço ou abordagem é, frequentemente, motivado por um desejo defensivo de impedir o exame doloroso de um ‘sistema supervalorizado.

Não acredito que entendamos o que está acontecendo nesta área complexa, e que é essencial adotar uma atitude que examine as coisas de diferentes pontos de vista. Isso é difícil no ambiente atual, pois o debate e a discussão necessários são continuamente encerrados ou efetivamente descritos como ‘transfóbicos’ ou prejudiciais de alguma forma.”

O Trust disse estar “confiante de que o Dr. Sinha conduziu uma revisão completa e justa das questões levantadas”. 

Separadamente, o Trust concordou com um estudo único que acompanhará os jovens encaminhados ao GIDS. Uma equipe de pesquisa independente seguirá um grupo de jovens voluntários encaminhados ao serviço, mesmo que eles optem por deixá-lo, na primeira vez em que esse estudo for realizado em qualquer lugar do mundo.

O trust disse que permitiria aos pesquisadores comparar os resultados daqueles que usam intervenções físicas, como bloqueadores hormonais, e aqueles que selecionam um caminho alternativo.

A dra Polly Carmichael, diretora do GIDS, disse:

“Embora saibamos como as crianças e os jovens estão se comportando sob nossos cuidados, temos dificuldades na ausência de pesquisas para entender como os cuidados que prestamos os afetam a longo prazo e que escolhas eles fazem ao passar para a vida adulta. Esta pesquisa, juntamente com outras pesquisas que estamos realizando, aumentará a base de evidências sobre as melhores maneiras de apoiar os jovens com disforia de gênero.”

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Publicidade

Sorteio Brigith Jóias!

Peça Publicitária A Brígith jóias & consignação preparou um sorteio para seus seguidores:Quer ganhar todos esses prêmios? 100 reais em jóias. Uma Make Profissional. Uma

Leia Mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *