Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
 
Kate Ellis with son Sam, 2: ‘I want to be able to tuck him in at night’. Picture: Mike Burton
Kate Ellis, com seu filho, Sam, 2.
 
 
 Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirma que as mães que ficam em casa e as mães que trabalham em tempo parcial são o “maior potencial inexplorado” e criam “perdas potencialmente grandes para a economia”.
O relatório foi divulgado depois que uma política australiana, Kate Ellis, deixou a política para dar mais atenção a seu filho.
Como consequência, Sarrah Le Marquand, colunista do Daily Telegraph da Austrália, escreveu um artigo em que prega que deveria haver uma lei para obrigar todas as mães donas-de-casa a trabalhar.
Os argumentos de Sarrah:
“Ao invés de choramingar sobre a suposta libertação do direito de uma mulher de optar por fugir do emprego remunerado, devemos tornar obrigatório que todos as mães de crianças em idade escolar ou mais velhas tenham um emprego remunerado.
Somente quando a metade feminina da população tiver um emprego e ganhar dinheiro para pagar as contas, da mesma forma que os homens fazem rotineiramente,vamos ver as coisas mudarem para melhor para ambos os sexos.
 
[O feminismo] não trata de escolha, trata de igualdade.
É hora de repensar seriamente esta abordagem delicada às mulheres em idade fértil ou em idade de criar filhos. Chamar menos à responsabilidade quando se trata de nossas responsabilidades de emprego não nos faz nenhum favor. Nem aos filhos, nem aos pais, nem aos chefes – e certamente nem às mulheres.”
No site original, passando uma vista de olhos pelos 554 comentários, não se achou nenhum a favor da ideia. Ou eram comentários indignados com a burrice ou com a imposição.

Sarrah Le Marquand

Alguns exemplos:   Trevor 44 likes

Trevor

I think you’re on the right track Sarrah. Perhaps the children should be confiscated at birth and raised by the state while their parents engage in forced labor. Rather than just forcing the women into paid employment as you suggest, I tend to think that we should stipulate meaningful and productive employment. That way we might be able to encourage individuals like yourself to produce something other than bull poo.   Em outros sites:       Dustwitch • 2 days ago

The real reason is because they want your child in government day care so they can thoroughly indoctrinate them. Sorry, bitch, we are not buying your brand of bullshit anymore.

  • Den • 2 days ago Sure. Send the moms out, then hire as many to look after the kids as child care workers, then hire more psychologists to deal with the behavioural and emotional effects the children display later in life due to early childhood neglect. Yep, makes sense. Sure drives up the economy.

siberiankitten • 2 days ago

That’s how it was in the Soviet Union under the Communists. Everybody had to work.
This lady does not know what she’s talking about

É assim que era na União Soviética, no Comunismo. Todos tinham que trabalhar. Essa senhora não sabe do que está falando.

  • Lee Wro  siberiankitten • 2 days ago She knows exactly what she’s talking about. That’s the scary part

    Den • 4 horas atrás Certo. Envie as mães para fora, daí, contrate trabalhadores de cuidados infantis para cuidar das crianças, daí, contrate mais psicólogos para lidar com os efeitos comportamentais e emocionais que as crianças exibem mais tarde na vida devido à negligência da infância precoce. Sim, faz sentido. Com certeza impulsiona a economia.   Dustwitch • 8 horas atrás A verdadeira razão é porque eles querem seu filho na creche do governo para que eles possam doutriná-los completamente. Desculpe, vadia, nós não estamos mais comprando essamarca de besteira .   Foi assim que foi na União Soviética sob os comunistas. Todo mundo tinha que trabalhar. Esta senhora não sabe do que está falando      Lee Wro siberiankitten • 6 horas atrás Ela sabe exatamente do que está falando. Essa é a parte mais assustadora.            Fonte:   https://twitter.com/sarrahlemhttp://www.dailytelegraph.com.au/rendezview/sarrah-le-marquand-it-should-be-illegal-to-be-a-stayathome-mum/news-story/fbd6fe7b79e8b4136d49d991b6a1f41c#load-story-comments
https://milo.yiannopoulos.net/2017/03/women-work-equality/

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Arte

Quero Ser Querido

ENDRE ADY (1877–1919) Não sou antepassado, herdeiro,parente, amigo ou companheironem nada de ninguém,nem nada de ninguém. Alteza, como todo humano,sou Cabo Norte, enigma, arcano,longínquo fogo-fátuo,longínquo

Leia Mais »