Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Por Lisa Marie . Leia o artigo completo no WCRZ.

O site britânico de busca de emprego Jobsite fez uma pesquisa e concluiu que a geração Y considera a brincadeira de amigo secreto indutora de ansiedade. Essa ansiedade decorre do medo de parecer “mesquinho”, o que torna a tradição “estressante” para alguns.

A Dra. Ashley Weinberg, especialista em psicologia do trabalho disse que a troca de presentes se tornou um gatilho de ansiedade para jovens que temem ser humilhados se um presente não for bem recebido. Como resultado da ansiedade, um em cada cinco trabalhadores acredita que nem o aniversário nem os presentes do Amigo Secreto devem ser dados no local de trabalho e 35% da geração Y gostaria que fossem banidos.

A geração do milênio também acha que “fez mais”. 78% consideram que contribuíram “mais do que deveriam” para um presente para uma festa no escritório, em comparação com 58% do restante de sua força de trabalho.

A dra Weinberg sugere que os escritórios devam priorizar o bem-estar em detrimento dos presentes durante as festividades deste ano. Psicólogos e especialistas em moral do trabalho também  sugerem que chefes e planejadores de festas levem em consideração a saúde mental, ao organizar eventos de trabalho, e se esforcem por atividades com temas natalinos que atraiam os trabalhadores em geral, independentemente de salário ou cargo. Eles continuam sugerindo que talvez uma “festa não-totalmente-feriado não denomina” possa funcionar bem. A doutora ainda  sugeriu que os empregadores o poderiam aliviar a ansiedade estabelecendo limites de gastos em presentes.

star-line-clipart-22
Editorial

Colunista do Conselho Internacional de Psicanálise.

Psicanálise

LGBTQ Processa a Ciência.

Por Walter E. Williams. Leia o artigo completo no Daily Wire. Algumas perguntas para biólogos e profissionais da área médica: se uma pessoa tem cromossomos

Leia Mais »